Versão em Português das Normas EuroFire


 

 Contexto da versão em português dos materiais Eurofire para utilização na América Latina

As florestas e outros tipos de vegetação na América do Sul estão sendo cada vez mais afetados pelas mudanças climáticas, mudanças socioeconômicas e do uso da terra. Um dos maiores problemas relacionados a essas alterações é o aumento da vulnerabilidade, ocorrência e danos causados pelos incêndios florestais. No cone sul, as queimadas agrícolas e para rebrota de pastagem constituem uma importante causa de incêndios florestais, que afetam áreas de vegetação nativa, florestas plantadas e áreas protegidas. Nos últimos anos, a magnitude de determinados incêndios florestais ultrapassou a capacidade de resposta de alguns países, levando os seus governos a solicitar apoio a países vizinhos para manejar essas situações de emergência. A assistência internacional é efetiva e eficiente se os países cooperantes se encontrarem preparados para a situação a partir de acordos bilaterais, protocolos e procedimentos comuns. A Rede Regional Sulamericana de Incêndios Florestais, a qual opera como uma das 14 redes regionais dentro da Rede Global de Incêndios Florestais (Global Wildland Fire Network) que atua sob os auspícios da Estratégia Internacional de Desastres das Nações Unidas (UNISDR), iniciou um diálogo regional e um intercâmbio de informações sobre manejo integrado do fogo.

Faz-se agora necessário dar os próximos passos na criação da interoperabilidade entre os países vizinhos com vistas à atuação conjunta em momentos de incidentes de incêndios florestais. Normas comuns para treinamento e operações conjuntas de bombeiros e brigadistas são essenciais para melhorar a preparação para uma resposta coordenada, segura, efetiva e eficiente a incêndios florestais. Por esta razão, propõe-se a utilização das “Normas de Competências e Materiais de Treinamento EuroFire” para construção de capacidades em manejo do fogo transfronteiriço, as quais foram originalmente desenhadas para a Europa pelo Centro Global de Monitoramento de Incêndios Forestais (GFMC), que funciona como Secretaria da Rede Global de Incêndios Florestais e do Mecanismo Internacional de Preparação para Incêndios Florestais (IWPM).

Em 2015, o GFMC, com apoio financeiro do Ministério Federal da Agricultura da Alemanha, por decisão do Parlamento Alemão, inserido no marco do projeto “Apoio a Competências Nacionais e Regionais em Manejo Integrado do Fogo para assegurar um Manejo Florestal Sustentável no Uruguai por meio de Cooperação Transfronteiriça com o Brasil e Países Vizinhos Sulamericanos”, traduziu as Normas de Competências e Materiais de Treinamento EuroFire para utilização em futuras capacitações e exercícios regionais transfronteiriços. A adoção das Normas e Materiais de Treinamento EuroFire tem por objetivo melhorar a interoperabilidade entre os países sulamericanos que cooperam em manejo do fogo e, ainda mais importante, auxiliar na assistência mútua em emergências de incêndios florestais. Neste manual, as normas e os materiais de treinamento são apresentados em português.

Os materiais foram apresentados por ocasião do “Primeiro Simpósio Regional de Cooperação em Manejo do Fogo Interfronteiriço na América do Sul” (Parque Nacional Santa Tereza, Uruguai, 30 de maio a 02 de junho, 2016):

Brochura completa com os materiais EuroFire em Espanhol e Português foram apresentados por ocasião do “Primeiro Simpósio Regional de Cooperação em Manejo do Fogo Interfronteiriço na América do Sul”

 


Back to EuroFire Homepage